Vamos aos bastidores com a nova consultora educacional do Moodle, Solange Lalonde

29 de novembro de 2017 por

Falamos muito sobre como a educação é uma pedra angular e base importante do Moodle. De fato, nossa missão é "capacitar educadores para melhorar nosso mundo".

Nosso Fundador e CEO, em suas palestras, também fala sobre tornar a educação de qualidade acessível e um direito humano básico para todas as pessoas.

Nossa equipe de educação cresce com o reconhecimento dessa importância (apresentamos a você o Tom Murdock, Bob McDonald e Brent Parkin) e agora temos o prazer de conhecer os bastidores de outro dos nossos novos conselheiros educacionais, Solange Lalonde.

Moodle HQ: Obrigado por reservar um tempo para conversar conosco hoje, Solange. Estamos felizes em ter você a bordo. Para aqueles que não estão familiarizados com o seu trabalho e paixão pela educação, você pode nos dar um breve histórico de suas experiências e áreas de trabalho especiais?

Solange: Obrigado, significa muito para mim fazer parte da equipe do Moodle HQ!

Minha paixão pela educação é alimentada por um sentimento de admiração e curiosidade sobre como a educação pode servir nossas comunidades e como podemos contribuir para tornar nosso mundo um lugar melhor para viver e aprender.

Sou um educador de quinta geração em minha família e estou especialmente ciente de que a história e o legado da educação marginalizaram muitas populações em todo o mundo. Eu gosto de pensar em como a educação se parece quando a consideramos um direito humano básico. A missão do Moodle de “capacitar educadores para melhorar nosso mundo” ressoa com minha crença de que a educação desempenha um papel fundamental em nosso futuro coletivo.

Sou professora, ensinei pré-escola ao ensino médio. Também sou desenvolvedor de currículo para aprendizado profissional e designer de programas para programas de pós-graduação em ensino superior.
Na minha pesquisa de graduação, apresentei o Modelo Relacional de Ensino e Aprendizagem (RMTL) (Lalonde, 2017) como uma abordagem narrativa qualitativa para articular conquistas e como uma práxis para a pedagogia transformacional.

Minha pesquisa me proporcionou a oportunidade de reunir metodologias indígenas com princípios que orientam a liderança e o aprendizado profissional.

Estou ansioso para trazer parte desse pensamento para o importante trabalho que o Moodle está iniciando com o programa Learn Moodle.

Moodle HQ: Qual é a sua experiência até agora com a plataforma Moodle?
E como você acha que seu papel na equipe de educação contribuirá para tornar o Moodle ainda mais poderoso e acessível, para que possamos capacitar nossos educadores para melhorar nosso mundo?

Solange:Embora minha experiência com a plataforma Moodle tenha começado 11 anos atrás, sempre me sinto um daqueles professores que usam apenas uma pequena fração do que o Moodle é capaz.

Além das salas de aula K12, também usei o Moodle em um projeto de aprendizado profissional em larga escala, onde era importante poder oferecer acesso aberto a uma grande biblioteca de recursos.

No meu papel na equipe de educação, me pego fazendo as seguintes 2 perguntas: “De quem é essa voz? De quem falta a voz?

Acredito que capacitar educadores significa dar voz aos educadores na definição do que é sucesso e também dar voz aos educadores na articulação de como é o apoio no ensino e na aprendizagem.

Eu acho importante modelarmos as possibilidades do que o Moodle pode oferecer, além de mostrar exemplos do que ele realmente se parece na programação educacional.

É emocionante ver como o RMTL e como a voz da comunidade Moodle está se unindo para informar os próximos passos do programa Learn Moodle, considerando como podemos capacitar educadores para melhorar nosso mundo.

Moodle HQ: Você é capaz de compartilhar alguns dos projetos nos quais você estará trabalhando ou contribuindo na equipe de Educação do Moodle HQ?

Solange: Estou muito empolgado em compartilhar que estamos trabalhando no currículo do Learn Moodle. A comunidade Moodle tem sido essencial para informar o foco e a implementação do nosso programa, bem como os próximos passos que precisamos considerar no desenvolvimento do programa.

Eu estarei em Mumbai para o #MootIN17 junto com o gerente de educação, Tom Murdock, onde apresentaremos alguns dos novos desenvolvimentos nos quais a equipe de educação do Moodle vem trabalhando.


Sede do Moodle: Recentemente, comemoramos o aniversário de 15 horas do Moodle! Foi em 2002 que Martin Dougiamas lançou o Moodle 1.0. Onde você vê o Moodle daqui a 10 e 15 anos, do ponto de vista da educação e do educador?

Solange: Quando olho para onde a educação está indo e o que a educação pode oferecer, penso nos valores do Moodle e em como eles serão incorporados no trabalho que fazemos juntos.
Os valores da educação, respeito, integridade, juntamente com abertura e inovação, são princípios orientadores que informam nossa abordagem e nossos resultados pretendidos.

Gosto de pensar nas infinitas possibilidades que estão ao nosso alcance quando colaboramos, comunicamos e co-criamos nossos próximos passos juntos.

Eu gosto de pensar sobre a força da comunidade Moodle e a generosidade dos Moodlers em compartilhar seus conhecimentos e recursos.

Acima de tudo, gosto de pensar no impacto coletivo que isso terá sobre a melhoria do mundo.